Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Menu

TURISMO REGIONAL E O GEOPARQUE

O Projeto de Desenvolvimento Turístico do Geoparque Mundial da Unesco – Caminhos dos Cânions do Sul, lançado oficialmente em Praia Grande, é uma iniciativa promissora para impulsionar o turismo regional. O projeto visa transformar o geoparque em um destino turístico consolidado, destacando a importância de organizar a cadeia de valor, integrar os diversos eixos e criar um produto turístico bem estruturado.

A gestora de projetos da Regional Sul do Sebrae/SC, Juliana Ghizzo, destaca a necessidade de uma abordagem econômica inicial para comercializar o Geoparque de maneira integrada, unindo os sete municípios participantes do movimento.

A roteirização é apontada como uma estratégia crucial para o desenvolvimento turístico dos municípios envolvidos, incluindo Morro Grande, Jacinto Machado, Timbé do Sul e Praia Grande, no Extremo Sul catarinense, além de Torres, Mampituba e Cambará, no Litoral Norte e Serra gaúcha. A ideia é promover um território economicamente sustentável por meio da natureza, contribuindo para a distribuição de renda nessas localidades.

O presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Praia Grande, Elisandro Machado, destaca a singularidade do produto turístico internacional, Caminhos dos Cânions do Sul, que possui características únicas no mundo.

Os próximos passos do projeto incluem diagnosticar áreas que necessitam de melhorias, formar grupos de trabalho específicos para cada setor do geoparque e, na última fase, aplicar a roteirização de maneira abrangente. O projeto está programado para ser finalizado até 2025.

O investimento total no projeto de Praia Grande é de aproximadamente R$ 3,2 milhões, sendo o Sebrae/SC responsável pela maior parte da entrega. As prefeituras dos municípios envolvidos e o setor privado também contribuem financeiramente.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/SC, Renato Carvalho, destaca a importância do desenvolvimento do turismo na região Sul e expressa satisfação ao ver o crescimento do turismo como um dos braços de atuação do Sebrae/SC, ao lado do turismo, agro e tecnologia. Ele ressalta a necessidade de impulsionar os pequenos negócios na região, fazendo com que as pequenas empresas entrem no mercado. Até setembro, os primeiros protótipos do projeto devem ser entregues.

ARTIGOS POPULARES